Senado aponta 84% a favor do desmatamento zero na Amazônia, revela Código Florestal

Realizada entre os dias 1° e 15 de novembro, a enquete, publicada no site do Senado por sugestão da Associação Preserve Amazônia à Secretaria de Pesquisa e Opinião Pública da instituição, indicou 83,6% das respostas favoráveis à emenda apresentada pelo Senador Valdir Raupp, que propõe a suspensão de autorizações para novos desmatamentos na Amazônia por um período de dez anos. O número de votos foi superior a quatro mil e quinhentos.

A enquete confirmou o que outras pesquisas já haviam detectado: que o brasileiro está consciente da importância da Floresta Amazônica para o país, e que espera dos senadores a aprovação de uma lei que seja mais restritiva quanto à possibilidade de novos desmatamentos na região.

Em uma das pesquisas anteriores, realizada pelo Instituto Datafolha/Amigos da Terra, em 2009, noventa e quatro por cento dos entrevistados responderam que é mais interessante para o país parar o desmatamento, para evitar os custos de desastres ambientais e das mudanças climáticas. Na mesma pesquisa, noventa e dois por cento responderam que as leis que protegem as florestas deveriam ser mais rígidas, e noventa e três por cento responderam que votariam em candidatos que dificultassem o desmatamento.

Continue Lendo em: Instituto Carbono Brasil

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>