Rivais, Corinthians e Palmeiras se unem pelo meio ambiente

Rivais dentro de campo, Corinthians e Palmeiras se uniram fora dele. O time alviverde se juntou ao adversário no projeto “Jogando pelo Meio Ambiente”. O intuito da união é promover a responsabilidade socioambiental e usar a rivalidade entre as duas equipes como incentivo no plantio de árvores. A iniciativa conta com o engajamento dos goleiros e embaixadores da causa Deola e Julio Cesar.
-Decidi participar por realmente acreditar na causa. Antes de sermos rivais, somos seres humanos, vivemos no mesmo ambiente e respiramos o mesmo ar. Espero que daqui para frente todos os clubes grandes de São Paulo possam participar também – opinou Julio Cesar, goleiro do Corinthians
– A causa é muito nobre. É evidente que o mundo precisa de mudanças drásticas. Acho que o plantio de árvores pode ajudar muito, por isso é importante a conscientização de todos – completou Deola, goleiro do Palmeiras
A cada jogo do Corinthians ou do Palmeiras, 100 árvores são plantadas. O mesmo acontece com cada gol marcado por uma das duas equipes. No ano passado foram plantadas 23 mil árvores. E com o objetivo de aumentar esse número, outras regras foram criadas. A cada pênalti defendido pelos padrinhos Júlio Cesar ou Deola, outras 200 árvores serão plantadas. Caso alguma das duas equipes conquiste algum torneio, haverá um plantio bônus (1.000 árvores para o Campeonato Paulista e 3.000 para Copa Sul-Americana e Brasileirão).
A estimativa para esse ano é que o sítio localizado em Salto do Pirapora, interior de São Paulo, receba cerca de 50 mil novas mudas, o dobro de 2010. Para chegar a esse número, o goleiro do Palmeiras fez uma sugestão de última hora.
– Gol é legal de fazer, pegar pênalti também, mas o principal objetivo dos goleiros é sair de campo sem levar gols. Acho que poderiam plantar 100 árvores quando isso acontecer – sugeriu o goleiro, que teve sua proposta aceita.
E para aproveitar o tom de engajamento, mas sem esquecer a rivalidade, os goleiros combinaram que quem conseguir o menor número de plantio de árvores após o fim da temporada, fará uma doação de cestas básicas.
– Foi rolado o desafio, é uma briga saudável – disse Deola.
– A rivalidade continua, não tem jeito de sair – finalizou Julio Cesar.

Fonte: Globo Esporte

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*