Revista Fator Brasil – Tecnologia reduz temperatura de face de máquinas e equipamentos industriais prevenindo acidentes

Produto é indicado para indústrias petrolíferas, químicas, de papel e celulose, açúcar e etanol, alimentos e onde tenha o perigo queimaduras.

Indústrias petrolíferas, químicas, de papel e celulose, açúcar e etanol e de alimentos têm equipamentos de altas temperaturas que podem gerar não só desconforto, mas também risco de queimaduras e outros acidentes trabalhistas graves.

Segundo a Organização Internacional do trabalho (OIT), cerca de 270 milhões de trabalhadores são vítimas de acidentes em decorrência do trabalho todos os anos, sendo uma parte considerável causada por queimaduras de punho e mão.

Para solucionar esse problema, a Nanotech do Brasil, indústria de revestimento térmico e acústico, desenvolveu a Nanothermic 3, uma tecnologia em formato de tinta que pode ser aplicada em tanques, trocadores de calor, difusores, válvulas, vasos de pressão, tubulações, secadores, decantadores e outros equipamentos comuns aos ambientes de produção.

Com durabilidade e versatilidade comprovadas e fácil aplicação, o produto permite atender a norma de proteção pessoal ASTM C1057, em temperatura de até 60 graus ou contato com a pele nua de até 5 segundos, sem danos e queimaduras ao operador do equipamento. “A nanotecnologia tem sido aplicada com sucesso em diversos mercados proporcionando a redução de passivos trabalhistas (menos acidentes) e o aumento da eficiência energética. Esses fatores contribuem para o avanço da produtividade, queda do absenteísmo e redução de custos operacionais”, explica o presidente da Nanotech do Brasil, José Faria.

O resultado é possível porque além de reduzir em até 120ºC a temperatura da superfície em que foi aplicada, a tecnologia controla todas as formas de transferência de calor – condução, convecção e reflexão. Até 85% do calor é enviado para fonte e o restante perde sua intensidade ao passar pelos emaranhados de partículas presentes no produto. “Outro diferencial em relação ao isolamento tradicional é que o Nanothermic 3 é impermeável, não promove a corrosão e facilita a inspeção. A eficiência dura até 20 anos”, explica Faria.

Fonte: Revista Fator Brasil

Esta entrada foi publicada em Na Mídia, Notícias e marcada com a tag , , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>