ONG promove apagão para alertar contra o aquecimento global

Duas cidades da região participarão no sábado, dia 26, da “Hora do Planeta”, iniciativa da ONG WWF-Brasil, para conscientizar a população mundial sobre aquecimento global e mudanças climáticas.

Em ato simbólico junto com outros municípios do Brasil e exterior, as luzes de alguns pontos turísticos e culturais ficarão apagadas das 20h30 às 21h30. As capitais Aracaju (SE), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Goiânia (GO), Natal (RN), Rio Branco (AC), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP) e Vitória (ES) já aderiram ao movimento.

Em Santos, de acordo com a secretaria de Meio Ambiente (Seman), serão desligadas a iluminação da Praça Independência (Gonzaga); Aquário Municipal (Ponta da Praia); Fonte do Sapo (Aparecida); Parque Municipal Roberto Mário Santini (emissário submarino); estátua O Peixe (entrada da cidade); Lagoa da Saudade (Morro da Nova Cintra); Praça Mauá e Teatro Coliseu.

No Guarujá todos os prédios públicos serão apagados, salvos os serviços de emergência. “Esse evento é de grande valia para a população. Em geral, as cidades vêm cooperando com o evento, dando uma maior amplitude a um assunto de interesse mundial”, disse o secretario de Meio Ambiente de Guarujá, Elio Lopes dos Santos.

Para Andréia Estrella, coordenadora da Agenda 21 de Guarujá, é importante que a população do município participe desse movimento. “O objetivo vai além de economizar energia, também serve para mostrar que existem pessoas preocupadas com a sustentabilidade e em manter o mundo equilibrado e saudável”, disse.

Fonte: eBand

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*