O que é Nanotecnologia?

Nanotecnologia é a possibilidade de manipular átomos e moléculas, ou seja, colocar cada átomo e cada molécula no lugar desejado, permitindo criar novas utilidades para insumos. Em outras palavras, é a possibilidade de manipular a matéria conscientemente ao nível nano, ou seja, de zero a cem nanômetros (um bilionésimo de metro chama-se “nanômetro”,”Nano” é um prefixo que vem do grego antigo e significa “anão”). Um bilionésimo de metro é muito pequeno, imagine uma praia começando em Salvador, na Bahia, e indo até Natal, no Rio Grande do Norte. Pegue um grão de areia nesta praia. Pois bem, a dimensão desse grão de areia está para o comprimento destas praias, como o nanômetro está para o metro.

Nanotecnologia não é uma tecnologia específica, mas todo um conjunto de técnicas, baseadas na Física, na Química, na Biologia, na Ciência, Engenharia de Materiais e na Computação, todas elas trabalham juntas em novos materiais que são aplicados em produtos que já consumimos e que ganham novas características. As aplicações possíveis incluem: aumentar espetacularmente a capacidade de armazenamento e processamento de dados dos computadores; criar materiais mais leves e mais resistentes do que metais e plásticos para prédios, automóveis, aviões; criar formulas de isolamento térmico, acústico, anti-fogo e muitas outras inovações em desenvolvimento ou que ainda não foram sequer imaginadas. Um exemplo é que através da nanotecnologia, a Nasa desenvolveu a fórmula de vitrocerâmica de alta qualidade, essa fórmula consiste em microesferas cerâmicas ocas a vácuo. Essa tecnologia protege os veículos espaciais contra acidentes térmicos e desintegração causada pelo extremo calor gerado na penetração orbital.

A nanotecnologia está crescendo para todos os lados. A discussão acontece ao mesmo tempo em que empresas e universidades investem nesse novo processo. Investimentos que giram em torno de US$ 9 bilhões, se somarmos os investimentos dos Estados Unidos, Japão e União Européia. Estima-se que empresas e universidades apliquem de três a quatro vezes mais a cada ano.

A nanotecnologia é extremamente importante para o Brasil, por que a indústria brasileira terá de competir internacionalmente com novos produtos para que a economia do país se recupere e retome o crescimento econômico. Esta competição somente será bem sucedida com produtos e processos inovadores, que se comparem aos melhores que a indústria internacional oferece. Isto significa que o conteúdo tecnológico dos produtos ofertados pela indústria brasileira terá de crescer substancialmente nos próximos anos e que a força de trabalho do país terá de receber um nível de educação em ciência e tecnologia muito mais elevada do que o de hoje. Este é um grande desafio para todos nós.

Esta entrada foi publicada em Dicas Úteis e marcada com a tag , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*