Na África mapa relaciona mudanças climáticas, conflitos e programas de auxílio

Já há algum tempo, os países membros da União Africana vêm pedindo para a comunidade internacional reconhecer as mudanças climáticas como uma questão de segurança, uma vez que diversas pesquisas afirmam que o aquecimento global vem causando conflitos por terras e alimentos.

Tentando facilitar a visualização dessa relação, cientistas do Centro Strauss para Mudanças Climáticas e Estabilidade Política na África (CCAPS) desenvolveram um mapa online com informações sobre clima, conflitos armados e programas de ajuda. O resultado é uma ferramenta que pode ajudar na formulação de políticas de mitigação, adaptação e de segurança.

“O mapa facilitará aos governos a tarefa de analisar as informações de muitas fontes ao mesmo tempo, fornecendo um ambiente onde os dados estarão integrados”, explicou Francis J. Gavin, diretor do Centro Strauss.

A ferramenta permite que os usuários selecionem regiões africanas e escolham as “camadas” de informações que querem acessar. Por exemplo, analisando os dados sobre conflitos e de vulnerabilidade climática é possível observar padrões de insegurança se alterando em tempo e espaço.

“As mudanças climáticas representam uma enorme ameaça para a segurança de milhões de africanos. Os riscos não respeitam fronteiras e estão distribuídos por toda a região. Com certeza esse mapa interativo será de grande utilidade não apenas para pesquisadores, mas para os governos, jornalistas e cidadãos”, declarou Jean-Louis Sarbib, presidente da ONG Development Gateway, que oferece ferramentas e conselhos sobre o uso de informações para melhorar a condição de vida das pessoas.

Continue lendo em Instituto Carbono Brasil

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*