Lei obriga construções da Cehab a terem telhado branco

Agora é lei: as habitações construídas pela Companhia Estadual de Habitação (Cehab) deverão passar a ter o telhado pintado de branco, para minimizar a absorção do calor. É o que garante a lei 6.016/11, de autoria do deputado Luiz Paulo (PSDB), promulgada pelo presidente da Assembleia Legislativa do Rio, deputado Paulo Melo (PMDB), após o veto total do Executivo ter sido derrubado na última terça-feira (02).

A íntegra da nova norma foi publicada no Diário Oficial do Legislativo desta segunda-feira (08/08). Para o autor da nova lei, a adoção da prática representará uma importante medida de sustentabilidade.

“O projeto representa uma economia de energia, pois com a reflexão de luz se reduz a necessidade de consumo de energia”, salienta o parlamentar, citando estudos efetuados pela Universidade de Berkeley, na Califórnia, Estados Unidos, que demonstraram que a iniciativa representa um importante instrumento no combate ao aquecimento global.

Segundo ele, cerca de 25% das cidades é composta por telhados.

“A imensa maioria desses telhados são escuros e refletem apenas 20% da luz solar que recebem. Ao se adotar a cor branca para os telhados, e considerando a superfície citada, haveria a compensação de 10 toneladas de CO2 a cada 100 m²”, alega o parlamentar.

De acordo com a pesquisa citada, caso 70% dos telhados forem pintados de branco, seria gerada uma compensação ambiental equivalente à retirada de circulação de 600 milhões de carros por um período de 18 anos.

“Esses estudos mostra ainda que se todos os telhados do mundo forem pintados de branco, o efeito equivaleria à retirada de circulação de metade dos carros existentes no planeta”, contabiliza.

Fonte: Jornal do Brasil

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*