Evento prega consciência ambiental

Festa Anual das Árvores será realizada este ano em 53 municípios do Ceará. No lançamento do evento, o jornalista Demitri Túlio, repórter especial do O POVO, foi premiado na categoria Fotografia Profissional

Consciência, respeito e preservação. Palavras-chave que devem nortear a ação da população, dos empresários e do poder público acerca do meio ambiente. Nesta semana, a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) e o Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam) trazem a temática à tona numa discussão, que se propõe pública, por meio da realização da Festa Anual das Árvores.

A abertura da Festa Anual das Árvores, evento realizado desde 2000, ocorreu na manhã de ontem, no anfiteatro do Parque do Cocó. Houve apresentações artísticas, exposição de fotografias, blitze ecológicas, distribuição de mudas nativas e frutíferas e apresentação dos vencedores dos concursos de fotografia e frases, realizado pela Semace, com a temática “Parque do Cocó, nossa floresta”. O jornalista Demitri Túlio, repórter especial do O POVO, foi premiado na categoria Fotografia Profissional.

“É a renovação do compromisso do Estado, da sociedade com a árvore e com a responsabilidade ambiental”, reforça o presidente do Conpam, Paulo Henrique Lustosa. Para ele, o momento é, principalmente, de prestar contas com a sociedade em torno dos esforços para fazer valer a política ambiental e direcionar a atuação dos órgãos públicos para os próximos anos. “Esta é a primeira festa do ano”.

Além de autoridades e representantes de entidades ligadas ao meio ambiente, estiveram presentes no evento de ontem cerca de 150 crianças de escolas públicas do município. Para Luana Silva Marinho, 11, vencedora do concurso de frases, participar não lhe trouxe apenas a alegria da vitória. “Não conhecia o Cocó. Depois dele, passei a me perguntar: por que as pessoas acabam com tanta beleza?”

A consciência ambiental é mesmo um dos principais objetivos do evento, de acordo com a coordenadora de extensão e educação da Semace, Virgínia Carvalho. “Incentivar as pessoas a entender que as ações têm consequências no meio ambiente. Cada um pode fazer sua parte, ao reciclar, por exemplo”.

O superintendente da Semace, Ricardo Araújo, chama a atenção para a cultura de não plantio no Ceará. “A reposição florestal está ligada ao desmatamento. É preciso nos educarmos para o plantio e fazer cumprir a legislação florestal”. À tarde, foi apresentada pelo Conpam a Proposta do Inventário Florestal do Estado do Ceará, na sede da Semace. A programação da Festa Anual das Árvores segue até o dia 31 de março, envolvendo 53 municípios.

O quê
ENTENDA A NOTÍCIA

A Festa Anual das árvores promove discussão sobre preservação do meio ambiente. Ontem, foi apresentada Proposta do Inventário Florestal do Estado do Ceará. O último diagnóstico florestal do Estado é de 1991.

Fonte: O Povo Online

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*