Energia limpa: Empresas de energia solar firmam acordo com grupos ambientais

First Solar e Sun Power concordaram em aumentar medidas de proteção à vida selvagem na Planície Carrizo, onde ambas as companhias construirão usinas solares

Com um final feliz tanto para a indústria solar quanto para a natureza, as firmas solares First Solar e Sun Power concordaram em selar um pacto com instituições ambientalistas para aumentar suas medidas de preservação da vida selvagem na Planície Carrizo, na Califórnia, onde as empresas implementarão projetos solares.

Segundo as organizações ambientais Defensores da Vida Selvagem, Centro de Diversidade Biológica e Sierra Club, que estavam fazendo as reivindicações, “ambas as companhias concordaram com compromissos significativos para proteger e preservar as espécies dessa área de habitat importante e receberam aprovações dos projetos baseadas em análises ambientais de várias agências federais, estaduais e locais”.

O acordo firmado entre as duas companhias e os grupos ambientalistas garante que a First Solar e a Sun Power adicionarão 36 quilômetros quadrados aos 68 quilômetros quadrados de áreas de proteção já instituídos. Outra medida tomava será a remoção de 48 quilômetros de cerca da região para que os animais nativos possam circular mais livremente. Em volta de cada usina solar serão instaladas cercas favoráveis à fauna local.

Além disso, as empresas garantiram que não usarão venenos para roedores durante a construção e a operação das usinas e prometeram dar “contribuições financeiras significativas” para incentivar os esforços para a conservação da vida selvagem na região.

Tanto as firmas quanto os grupos acreditam que o acordo poderá servir de exemplo para outros projetos similares. “As partes negociaram de boa fé e reconheceram que muitos desafios podem ser minimizados ou evitados no futuro através de uma comunicação anterior e mais compreensiva entre os grupos de conservação e as companhias solares, com a meta de instalar os projetos fora de áreas de vida selvagem e de recursos naturais sensíveis”.

Para o democrata Jerry Brown, governador da Califórnia, a decisão fortalece a posição do estado como líder em energias alternativas. “Esse é outro passo para posicionar a Califórnia como líder nacional em tecnologia solar. Esses projetos e a indústria de energia renovável da Califórnia como um todo ajudarão a criar centenas de milhares de empregos”.

Os projetos da First Solar e da Sun Power deverão ter a capacidade instalada de 550MW e 250MW, respectivamente.

Fonte: Instituto Carbono Brasil

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>