Em Singapura novo conceito de plataforma solar offshore é lançado

Muitos países estão recorrendo à tecnologia solar e às energias renováveis. Para contribuir nesta busca, a DNV lançou durante a Semana Internacional de Energia de Singapura, o SUNdy, um novo conceito de plataforma solar offshore em grande escala.

O principal elemento do conceito é uma plataforma hexagonal flutuante e dinâmica, que em conjunto abriga 4,2 mil painéis solares, formando uma ilha do tamanho de um estádio de futebol grande. A capacidade de geração é de 2 MW.

Multiplas ilhas conectadas podem gerar mais de 50 MW, produzindo eletricidade suficiente para 30 mil pessoas, afirma a DNV.

A tecnologia SUNdy é viabilizada com o uso de painéis solares de filme fino com 560 W, que são flexíveis e mais leves do que os módulos de vidro tradicionais, permitindo que as plataformas ondulem de acordo com a movimentação oceânica, explica Sanjay Kuttan, diretor do Centro de Tecnologias Limpas da DNV em Singapura.

Continue lendo em Instituto Carbono Brasil

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*