Em 2013 África do Sul pode adotar taxa de carbono

A proposta de orçamento do governo sul-africano para 2013 inclui o início da cobrança de uma taxa equivalente a R$ 27 pela emissão de cada tonelada de carbono acima de um limite, ainda a ser fixado, para setores como eletricidade e siderurgia.

A intenção é que no início até 60% das emissões sejam desconsideradas para evitar grandes impactos na economia. Porém, esse número deve ser reduzido progressivamente ao mesmo tempo em que o valor da taxa aumentará 10% anualmente.

“Exceções e medidas temporárias de alívio estão sendo avaliadas para minimizar os impactos adversos na competitividade das empresas e para realizar uma transição responsável para a economia de baixo carbono”, afirma o texto do orçamento.

Continue lendo em Instituto Carbono Brasil

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*