Eficiência energética – Potenciais de Conservação de energia – MME.

Geral
O BEU (MME, 2005) disponibiliza uma ferramenta que permite o cálculo de potenciais de
conservação de energia a partir de coeficientes técnicos, comparando a eficiência verificada nos processos energéticos com valores referenciais que corresponderiam, conforme já assinalado, às melhores tecnologias disponíveis comercialmente.
Utilizando-se os valores apurados no Balanço Energético Nacional (BEN) para o ano base 2008 (EPE, 2009) e os parâmetros técnicos do BEU, válidos para 2004, pode-se calcular o potencial de conservação para todas as formas de energia. Os valores assim obtidos são indicados na Tabela 5.
Conceitos e definições - Eficiência Energética
Em termos de quantidade de energia conservada, o maior potencial encontra-se no setor
industrial, embora também mereçam destaque os valores calculados para os setores de
transporte e residencial. Em termos proporcionais, o setor residencial é o que apresenta maior potencial uma vez que o valor de 3,1 milhões de tep representou 13,8% do total da energia consumida nesse setor em 2008. Nesses termos, as residências são seguidas pelo setor energético (8,5%) e pelo setor de transporte (7,7%). Em média, o potencial de conservação seria de 8,6% do consumo final energético de todos os setores.
Visto de outra forma, o potencial de conservação no setor residencial, por exemplo, em que a forma de energia predominante é a energia elétrica, equivaleria a uma usina hidrelétrica com 7.500 MW de potência instalada. No setor de transportes, em que os principais energéticos consumidos são óleo diesel, gasolina e etanol, o potencial de conservação calculado equivaleria a 92,6 mil barris por dia, ou seja, cerca de 5% da produção nacional de petróleo em 2008.
Energia elétrica
Diversos estudos se referem ao potencial de conservação de energia elétrica, distribuindo esse potencial segundo setores de consumo e muitas vezes classificando conforme a natureza, se potencial técnico, econômico ou de mercado. Na Tabela 6 é apresentada uma compilação das estimativas de potencial de conservação de energia elétrica elaborada com base na revisão bibliográfica realizada para o PNE 2030 (EPE, 2007).
Conceitos e definições - Eficiência Energética
O Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (PROCEL) desenvolveu extensa
pesquisa do mercado de eficiência energética no Brasil (Eletrobrás, 2009). Para o ano de
2015, um horizonte de aproximadamente 10 anos após o ano base da pesquisa, são estimados
potenciais de conservação de eletricidade no setor residencial de 46,0%, 21,5% e 10,3%,
correspondendo respectivamente aos potenciais técnico, econômico e de mercado.
A Confederação Nacional da Indústria (CNI), como resultado de convênio estabelecido com o PROCEL, realizou avaliação de 13 setores industriais com expressivo consumo de energia (CNI, 2009). Os resultados agregados são apresentados na Tabela 7.
Conceitos e definições - Eficiência Energética
O potencial de conservação de energia elétrica na indústria avaliado pela CNI equivale a uma usina hidrelétrica com 6.500 MW de potência instalada. Isto é equivalente a todo o consumo de energia elétrica dos grandes consumidores industriais da rede interligada do subsistema Sudeste/Centro-Oeste previsto para o ano de 2009.
Combustíveis
O estudo da CNI citado na subseção precedente compreendeu também avaliação do potencial
de conservação de combustíveis nos setores selecionados. A indicação deste estudo é que o aquecimento direto (fornos) é o uso em que há maior potencial para a conservação de
combustíveis na indústria, conforme revelado na Tabela 8.
Conceitos e definições - Eficiência Energética
É digno de nota que, de acordo com o estudo da CNI, há, na indústria, um potencial quase
quatro vezes e meia maior para a conservação de energia em combustíveis do que em nergia
elétrica.

Clique aqui para ler está matéria completa – Eficiência energética na indústria e nas residências – Ministério de Minas e Energia

Esta entrada foi publicada em Eficiência energética e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*