Câmara deve fará alguns ajustes no textos do Código Florestal

O líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), disse nessa quinta-feira, 8 de dezembro, que a tendência na Casa é que os deputados aceitem as alterações feitas pelo Senado no Código Florestal, “fazendo apenas alguns ajustes”. A matéria foi aprovada esta semana pelos senadores e segue para revisão dos deputados.

“O governo não tem objeção. A tendência é aceitar as mudanças do Senado, fazendo apenas alguns ajustes na parte de cidades. Se tiver pronto, vota ainda este ano”, explicou.

Vaccarezza disse que a prioridade do governo na Casa este ano é a votação do Fundo de Pensão dos Servidores Públicos Federais (Funpresp) e a chamada Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Música, que concede imunidade tributária a CDs e DVDs com obras musicais de autores brasileiros. “O consumidor vai comprar CD mais barato e baixar músicas pela internet mais barato também”, disse.

Apesar disso, o presidente da Câmara, Marco Maia, já acenou que o texto não deve ser aprovado este ano. “Qualquer matéria que suscite debate, que tenha que ser construído ainda um entendimento, um acordo para votação, não é possível mais fazer até o final deste ano”, justificou.

A Câmara dos Deputados entra em recesso dia 23 de dezembro e só retoma as atividades em fevereiro.

Fonte: Ecod

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>